segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Sétimo e último post do ano.

2 comentários


O que dizer de 2012? Foi bom! Foi necessário! Foi agressivo! Foi hilário! Foi ‘tanto’, e ao mesmo tempo foi ‘nada’.

Dois mil e doze foi o que tinha que ser.

Dois mil e doze me encheu de expectativas, muitas na verdade, mas pouquíssimas delas se concretizaram, porque foi o que tinha que ser. Teve a insistência em um emprego, a continuidade em uma universidade, a felicidade de um relacionamento. Mas foi por conta do relacionamento que continuo na universidade e insisto no emprego.

Em dois mil e doze conheci muita gente nova, muita na verdade, mas os amigos de outrora mal consegui rever, porque foi o que tinha que ser. Como foi divertido o convívio com as ‘doidas’ da universidade. E quantas risadas no fretado, esse pessoal do trabalho é demais (ok, nem todos!).  Nossa que saudades de algumas pessoas (não citarei nomes para não ser injusto), e apesar da correria foi bom ao menos falar ao telefone ou no inbox.

Dois mil e doze termina e com ele ficam alguns relacionamentos, porque foi o que tinha que ser. Relacionar-se é tão estranho e ao mesmo tempo tão natural, porém, o que levo da incompatibilidade de algumas amizades é o crescimento e aprendizado pessoal e isso não tem preço.

Dois mil e doze tinha tudo pra ser diferente, e foi, mas no final acabo com um gosto amargo, mas foi o que tinha que ser. Cansei de receber ‘sms’ padrão, mas entendo que isso faz parte de algo muito maior, pelo menos para quem enviou. Cansei de ver pessoas aproximando-se das outras visando seus interesses pessoais. Cansei de...  Bom, acho que agora começa um blá blá blá que é só meu e não vai mudar em nada o que as pessoas fazem ou deixam de fazer, portanto, vou poupá-los dessa conversa fiada.
  
O que posso fazer é agradecer as pessoas que passaram em minha vida, agradeço também aos que passaram e voltaram, mas quero é agradecer duplamente por aqueles que ao passarem, ficaram, pois sei que não é fácil conviver com uma pessoa tão austera como eu.

Dois mil e treze será melhor, sei disso, pois será a continuidade dos projetos de dois mil e doze.

Feliz 2013!
Rodrigo Melo.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

De volta aos braços do Pai.

2 comentários
Por Juliana Dacoregio - Blog Heresia Loira 
Hoje só consigo olhar pra tantos posts desse blog e perceber o quanto fui tola, o quanto fui infantil. Não leio com raiva, nem me condeno pelas coisas que escrevi, mas muitas coisas leio com tristeza. Era minha opinião e eu tinha todo o direito de dá-la? Claro! Mesmo assim hoje me entristeço com a cegueira e a amargura que atrasou minha vida. Sim, porque toda essa 'cruzada contra a fé' atrasou minha vida e me trouxe cada vez mais confusão. Nós colhemos o que plantamos e eu sei muito bem o que plantei.

Tenho certeza que aqueles que estavam na presença de Deus liam meus escritos e percebiam que eu não estava feliz. A gente percebe essas coisas. Às vezes por uma sensibilidade grande de discernir o que os outros estão sentindo, por empatia ou porque realmente quem vive com Jesus entende certas coisas que outras pessoas não entendem.

Muita gente diz que eu tentava me convencer de que Deus não existia, que na verdade eu ainda cria. Pode ser verdade mesmo. Não sei, é muita coisa do passado para avaliar e não quero ficar olhando para trás, a não ser como agora, para admitir que eu estava errada e que meus erros me levaram a perder a paz.

Quem me lê, não sabe tudo que passei. Não importa que pareça 'testemunho de crente': fui até ao fundo mais profundo do poço, em muitos sentidos. Tudo porque um dia fui uma nova criatura em Cristo e reneguei tudo isso. Foram sete anos longe de Deus. Sete anos de vacas magras. No início, lááá em 2005, quando larguei a fé parecia que o mundo se abria cheio de possibilidades diante de meus olhos... PARECIA.

Eu poderia estar morta. Fui livrada da morte muitas vezes. Porque inconsequente eu fui. E apanhei da vida. Apanhei feio. Até o ponto de estar rastejando. Mas sobrevivi para voltar para o meu Senhor. Mais sorte que juízo? Não! Hoje eu sei que não. 

"Se não fora o auxílio do Senhor, já a minha alma estaria na região do silêncio. Quando eu digo: resvala-me o pé, a tua benignidade, Senhor, me sustém." Sl. 94, 17-18

Não posso deixar de agradecer a todos que oraram por mim, que desejaram minha felicidade, não uma felicidade ilusória, daquelas que passam aos primeiros sinais de ressaca física ou moral, não um arremedo de felicidade, mas a felicidade e paz que excede todo o entendimento! Muitos leitores desse blog, crentes cheios de sabedoria, se tornaram meus amigos, não me repreendendo por tudo que eu escrevia, mesmo quando eu escrevia coisas duras contra o evangelho. Esses leitores cristãos usaram a internet para plantar sementinhas de amor e perdão em meu coração, alguns usando a caixa de comentários do blog, outros mandando e-mails, me enviando livros, ou até mesmo (tenho certeza disso) 'tacando' o joelho no chão e orando por mim! 

Podem ter certeza que valeu a pena e que NADA, NADA é impossível para Deus!

Ps.: Em 2009 Juliana Dacoregio respondeu algumas perguntas sobre sua relação com a fé e sobre o tempo que era evangélica. Leia aqui.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Prometeu Provisão.

1 comentários
“O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês,
de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus.” Filipenses 4:19


Antes de viver a provisão, ou de viver a promessa de Deus, é necessário entender que todas as promessas que Deus têm, ou a grande maioria das promessas de Deus, sempre vem com algo para você fazer. Pois não é fácil viver sobre a graça e a benção de Deus, Ele sempre tem algo para você viver/ fazer. 

“Portanto eu lhes digo: Não se preocupem com sua própria vida, quanto ao que comer ou beber; nem com seu próprio corpo, quanto ao que vestir. Não é a vida mais importante que a comida, e o corpo mais importante que a roupa? Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas? Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida? Por que vocês se preocupam com roupas? Vejam como crescem os lírios do campo. Eles não trabalham nem tecem. Contudo, eu lhes digo que nem Salomão, em todo o seu esplendor, vestiu-se como um deles. Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, não vestirá muito mais a vocês, homens de pequena fé? Portanto, não se preocupem, dizendo: 'Que vamos comer?' ou 'Que vamos beber?' ou 'Que vamos vestir?” Mateus 6:25-31 

Esse texto é literalmente a provisão de Deus para nossas vidas, mas também é um dos textos mais difíceis de viver quando Deus diz: “Não estejais preocupados, ansiosos, quanto ao que haveis de comer, de vestir e onde vão morar, porque estas coisas eu vou colocar nas tuas mãos. 

Não devemos orar pedindo estas coisas, pois oração desse tipo é de gentil. Quem passa o dia inteiro, o tempo todo, a vida toda orando, preocupado: ‘Meu Deus o que eu vou comer? O que eu vou vestir? Como é que eu vou fazer?’, quem anda preocupado com isso, na verdade não tem uma atitude cristã, mas sim uma atitude de gentil.

É normal no meio dos cristãos, na hora do almoço ou jantar, orarmos: ‘Senhor, nunca deixe faltar!’, mas irmão não vai faltar, não precisamos nos preocupar com isso porque não vai faltar. O Senhor Jesus diz: “Não se preocupe, não esteja ansioso, porque o que Eu tenho para você é muito maior do que aquilo que você pode conseguir.” 

O Senhor tem prometido à nós, só que esse mundo tem a condição de nos levar a ser pessoas como um poço de ansiedade, a verdade é que as pessoas hoje andam preocupadas demais com aquilo que vão vestir, estão tão preocupadas com o exterior. Imaginem que vai ter um casamento Sábado, os homens não ligam muito para a roupa, mas normalmente as mulheres dizem não querer ir ao casamento, isso porque não querem repetir a roupa, não é verdade? Mas acredite que Deus proverá, pois isso é muito pequeno em relação aquilo que Deus tem para sua vida. É muito belo isso na mulher, essa preocupação, esse cuidado de se vestir bem, mas não estejais ansiosas por nada.

Será que o Senhor não se preocupa com você? O Senhor Jesus tem tudo do bom e do melhor para colocar na sua mesa, no seu guarda-roupa e na sua casa, não faça mais oração de gentil: “Senhor, tem misericórdia Pai, estou comendo aqui, mas e amanhã?”, não se preocupe, porque se você se preocupar é bem provável que falte. Essa palavra é para os que confiam n’Ele.

No antigo testamento, Deus fez uma promessa ao povo dizendo que livraria do Egito, então muitos anos se passarão, mas as situações aconteciam ao contrário, ao invés do povo ser liberto, o povo estava cada vez mais escravizado. Mas chegou a hora da provisão de Deus na vida do povo hebreu, o próprio Deus libertou o povo hebreu e em seguida endureceu o coração de faraó. Normalmente dizemos que tudo é o diabo, mas nessa situação foi Deus.

O crente sempre diz: ‘Foi o diabo. Eu estou na prova, o diabo acabou comigo.’, mas normalmente o diabo não tem nada para fazer na sua vida, porque ele não tem poder na sua vida. Jesus tem poder na sua vida, e às vezes nós entramos na prova porque nós criamos uma prova. Alguém já viu Deus assinar cheque, ou Jesus passar cartão de crédito? Ninguém vê, portanto, na maioria das vezes os nossos grandes problemas somos nós que criamos.

O povo estava no Egito e faraó não deixava o povo sair, até que Deus chegou ao ponto de levar o próprio filho de faraó, e quando Deus leva o filho de faraó ele libera o povo, e o povo sai em direção ao mar. E quando estavam próximos do mar e olharam para trás havia centenas e milhares de soldados para matá-los. Na frente o mar e atrás os soldados, quem mandou os soldados? Foi o diabo? Foi Deus que endureceu o coração de faraó.

Quantos problemas você tem? E tudo é o diabo? Será que Deus só provê quando você ora muito, ou quando você está na igreja? Quer dizer que, quem não pode vir à igreja todos os dias então Deus não proverá? Quando tudo dá errado, será que é o diabo? Será que Deus sempre abre as portas para o diabo entrar na sua vida? - (porque parece que é assim algumas vezes).

Muitas vezes Deus é quem endurece o coração do seu chefe para mostrar a você que Ele é Deus, que Ele é o Senhor na sua vida. Porque a grande vitória que você tem para viver não depende da economia do Brasil, nem do seu chefe, nem da empresa que você trabalha, provisão vem do céu, o céu sobre sua vida.

Deus falou para Moisés continuar, porque quando Deus promete alguma coisa, Ele não volta atrás. O Senhor não muda, não falha, permanece sempre o mesmo e não pode mentir. E quando Moisés se aproximou do mar, tocou no mar e o mar se abriu, provisão de Deus, na hora impossível Deus abriu o mar para Moisés e o povo passar. 

Tudo está nas mãos do Senhor Jesus. Apenas descanse o coração, porque o Senhor Jesus tem o melhor, Ele tem o máximo para sua vida. Só é preciso confiar que a provisão vem do Senhor Jesus.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Prometeu Conquista.

0 comentários

“Um dos seus próprios profetas chegou a dizer: Cretenses, sempre mentirosos, feras malignas, glutões preguiçosos.” Tito 1:12 

O contexto desta palavra que Paulo escreve à igreja que está em Creta, mencionando Tito como o que está recebendo esta mensagem, nos mostra no verso 12 a situação em que Tito e a cidade se encontram.

“... na esperança da vida eterna, a qual o Deus que não mente prometeu antes dos tempos eternos.” Tito 1:2

Mas Paulo escreve a Tito dizendo que a promessa de Deus é firme, porque Deus descansa sobre a Sua própria fidelidade.

O contexto em que vivemos hoje, não é muito diferente dos Cretenses. As pessoas não honram mais suas palavras. Hoje nós precisamos colocar em um contrato, em um documento, precisamos assinar, precisamos de testemunhas, precisamos ir ao cartório registrar aquilo que foi falado, porque se não, a pessoa pode argumentar dizendo: Não foi bem assim que eu falei.

Mas quando olhamos para a Bíblia, não encontramos nenhuma assinatura de Deus, não encontramos nenhuma pessoa assinando junto com Deus, não encontramos nenhum carimbo de cartório, o que vemos é que esta Palavra é viva e eficaz para produzir milagres, porque o Deus que prometeu, este Deus não mente.

Paulo, ao dizer que Deus não mente, usa a palavra grega apseudes, que literalmente significa: livre de falsidade. Com isso entendemos que Deus não só não mente, Deus não é falso, Deus é verdadeiro, Deus é absoluto, Deus é soberano, Deus é único, Deus é o Senhor do céu, Deus é o Senhor da Terra, Deus é o Senhor da igreja, Ele é quem governa, e todas a vezes que nos reunimos é para ouvir Deus falar. E Deus tem falado, e Sua palavra tem se cumprido todos os dias na nossa vida.

Deus não age com politicagem. Quando Deus fala, Ele cumpre. Então, guarde as promessas do Senhor no seu coração e creia que no determinado tempo de Deus, Ele vai cumprir Sua promessa. 

“... é impossível que Deus minta...” Hebreus 6:18 

Deus prometeu conquistas na nossa vida. 

“quantas forem as promessas feitas por Deus, tantas têm em Cristo o "sim".” 2 Coríntios1:20 

Deus pegou todas as promessas e estabeleceu Jesus como ‘sim’. Podemos celebrar o ‘sim’ de Deus liberado na nossa vida. 

“Comigo estão riquezas e honra, prosperidade e justiça duradouras.” Provérbios 8:18 

Você quer conquistar riquezas? Você quer conquistar ouro? Você quer conquistar bens duráveis? Tudo isso está em Jesus. 

“Ele é antes de todas as coisas, e nele tudo subsiste.” Colossenses 1:17 

O ‘sim’ de Deus é antes de todas as coisas. Antes de você existir, antes de você ser, Deus já havia liberado o ‘sim’ na sua vida. Nós temos o ‘sim’ de Deus hoje, temos promessas de Deus hoje e vamos conquistar em nome de Jesus.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Prometeu Vida Eterna.

0 comentários
“E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna.”
A vida eterna só se obtém através da pessoa de Jesus Cristo. Porque Ele mesmo disse: Eu sou o caminho, Eu sou a verdade, Eu sou a vida, e ninguém vai ao Pai se não for por mim.

Gostaria de destacar dois princípios para poder alcançar a Vida Eterna.

1º Princípio – As nossa escolhas.

Tudo que fazemos em nossa vida requer escolhas. Escolhemos com quem queremos andar. Escolhermos quem serão os nossos amigos. Quando solteiro, escolhemos com quem casaremos, enfim, nossa vida é feita de escolhas, boas ou ruins.

Um exemplo de boa escolha foi Abraão. Ele deixou a casa de seu pai, deixou tudo que tinha para trás, e foi para o lugar onde Deus haveria de lhe mostrar, pois Deus não havia dito ainda o local para onde iria e para onde Deus o iria levar. Mesmo assim Abraão escolheu ir com Deus, poderia ter dito não, mas saiu e obedeceu a voz de Deus.

Quem hoje está andando com Deus? Nós quem escolhemos como queremos gastar o nosso tempo e como iremos viver o nosso tempo. Nós escolhemos ao que vamos dar prioridade.

Escolhas bem feitas trazem resultados para sua vida, trazem bênçãos.

Não podemos desperdiçar o nosso tempo com qualquer coisa, porque o nosso tempo é precioso.

Josué escolheu servir a Deus em todo o tempo, a ponto de chamar toda a congregação de Israel e pedir para o povo que fizessem uma escolha, porque ele já tinha feito a dele: “Eu e a minha família serviremos ao Senhor.” Josué 24:15

Precisamos aprender a fazer as escolhas certas.

2º Princípio – Perseverança.

Quantas pessoas têm desistido? Quantas pessoas têm voltado atrás em seus projetos? Quantos sonhos são deixados de lado? Quantos ideais são esquecidos?

No antigo testamento, os homens que perseveraram até o final alcançaram a vida eterna. E para nós adquirirmos a vida eterna, existe um preço a ser pago. Devemos deixar de lado nossas vontades, nossos desejos, para que possamos adquirir a vida eterna. Precisamos ser perseverantes!

Neemias, copeiro do Rei, tomou conhecimento que os muros de Jerusalém estavam destruídos, as portas estavam queimadas. Então começou a orar a Deus. Buscou ao Senhor em oração pedindo que intercedesse por ele em favor daquela causa.

Deus começa a trabalhar... Neemias se apresenta diante do Rei e o mesmo vê em seu semblante tristeza, mas Deus havia preparado toda aquela situação para que Neemias pudesse ir até Jerusalém e fazer aquilo que estava em seu coração: Reconstruir os muros de Jerusalém! Pois a cidade estava sendo roubada e ele não estava feliz com aquela situação.

Neemias ao chegar a Jerusalém convoca o povo para edificar os muros, porém, quando seus adversários tomam conhecimento de que Neemias iria levantar os muros, começaram a zombar dele, tentando assim impedir e desanimar Neemias que estava à frente de um grande projeto.

Neemias combateu toda essa zombaria com oração e trabalho. Ao mesmo tempo em que orava, trabalhava. Não dava atenção para os seus inimigos.

Neemias estava perseverando. Perseverando com oração e trabalho.

O inimigo virá contra você, para te tirar da presença d’Ele, para que você fique desanimado e volte atrás em seus projetos e sonhos, mas ministramos uma palavra em sua vida: Seja perseverante!

Tome essas ferramentas em suas mãos: Oração e Trabalho. Quando o inimigo se levantar contra você, entre em oração e não pare de trabalhar.

“Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé.”

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Prometeu Estar Conosco.

0 comentários
Respondeu o Senhor: "Eu mesmo o acompanharei, e lhe darei descanso". Então Moisés lhe declarou: "Se não fores conosco, não nos envies. Como se saberá que eu e o teu povo podemos contar com o teu favor, se não nos acompanhares? Que mais poderá distinguir a mim e a teu povo de todos os demais povos da face da terra?" O Senhor disse a Moisés: "Farei o que me pede, porque tenho me agradado de você e o conheço pelo nome". Então disse Moisés: "Peço-te que me mostres a tua glória". E Deus respondeu: "Diante de você farei passar toda a minha bondade, e diante de você proclamarei o meu nome: o Senhor. Terei misericórdia de quem eu quiser ter misericórdia, e terei compaixão de quem eu quiser ter compaixão". Êxodo 33: 14-19

Moisés ao descer do monte encontra o povo adorando um bezerro de ouro, mas Deus quer mostrar que não há distância entre Ele e Moisés.

Moisés falava com Deus como quem fala ao seu amigo. Moisés declara a Deus “Se não fores conosco, não nos envie.” Que possamos ter sempre a presença de Deus em nossa vida

E quando Deus responde afirmativamente a Moisés, Deus lhe dá 7 promessas:

1 – “Eu irei contigo.”
Só quem sabe a profundidade destas palavras é quem um dia se sentiu distante de Deus, quem um dia imaginou que Deus estava distante dele, quem um dia esteve no deserto na sua vida e pensava que iria sucumbir.

2 – “Eu te darei descanso.”
Deus não está falando apenas do descanso físico, emocional, mas está falando da renovação das forças daquele que n’Ele confia. Deus está falando daqueles que estão em luta, em guerra e estão conscientes de onde estão. A Bíblia diz que estamos em guerra, mas se o Senhor for conosco enfrentaremos toda e qualquer batalha.

3 – “Minha presença irá contigo por causa do meu amor por ti.”
Quantos hoje entraram na igreja sabendo que Deus os ama? Feche os seus olhos. Ele te ama mais do que você possa imaginar. Ele te ama mais do que você possa esperar. Ele te ama mais do que sua mãe, mais do que seu pai, mais do que seu esposo, sua esposa, mais do que seu filho. Ele te ama mais do que toda e qualquer pessoa na face da terra.
Queremos a presença de Deus em nossa vida, porque com a presença de Deus em nossas vidas, o descanso é garantido.
Quem anda com quem não gosta? Mas quando andamos com quem nos ama, a caminhada é tranquila.

4 – “Farei passar toda a minha bondade por diante de ti.”
Quem sobreviveria sem a bondade de Deus? Porque sobrevivemos? Por causa da bondade de Deus. Muitas pessoas podem olhar para você e pensar que você está no pó, no chão. Mas sabe onde você está? Está na metade ou no começo do processo que Deus está fazendo na sua vida, é a bondade de Deus que nos faz prosperar e crescer. Dependemos da bondade de Deus.

5 – “Proclamarei o meu nome.”
Proclame o nome do Senhor diante de ti e quando Deus te abençoa, as pessoas irão dizer: Você é um abençoado de Deus.” É o Senhor que está proclamando o nome d’Ele na sua vida. Tudo que Deus realizar na sua vida, é Deus na sua vida, e as pessoas terão que dizer: “É Deus na vida dele.”

6 – “Terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e me compadecerei de quem eu me compadecer.”
A quem você estender a mão, Deus vai estender a mão por você. A quem você ajudar, Deus vai ajudar por você. Porque Ele vai se compadecer de quem você se compadecer, Ele vai ter misericórdia de quem você tiver misericórdia, porque a presença do Senhor é o nosso maior tesouro.

7 – “Deus prometeu Jesus para nós.”
Você pode declarar que Jesus é o seu maior tesouro, Jesus é a sua maior paixão, Jesus é a sua maior esperança.

domingo, 1 de janeiro de 2012

Tema: O Deus que não pode mentir prometeu.

0 comentários


"na esperança da vida eterna, a qual Deus,
que não pode mentir, prometeu antes dos tempos eternos"

De 02 à 13 de Janeiro acontecerá na Igreja O Brasil Para Cristo Vila Jacuí a campanha "12 dias de clamor para 12 meses de bençãos.", o tema para 2012 é "O Deus que não pode mentir prometeu."

Para cada mês do ano um subtema. Encerrando com o tema central para o mês de Dezembro.
 
 Prometeu:

Janeiro - Estar Conosco
Fevereiro - Vida Eterna
Março - Conquista
Abril - Provisão
Maio
Junho
Julho
Agosto -
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro -

sábado, 31 de dezembro de 2011

Último post - vários pensamentos.

2 comentários

Acto 1:
Estou próximo do fim.

Fim de muitas lutas, desafetos, inimizades, amizades também.

Estamos próximo do fim.

Fim das dificuldades, dos incômodos e do cômodo que nos mantêm inerte.

Fim é sempre bom, quando acabamos com algo que nos faz mal, mas o fim pode ser, e realmente é doloroso, quando algo que nos faz/traz bem precisar ter seu final.

Prefiro ficar com as lembranças dos momentos bons a ter que amargurar na tristeza da insistência de algo que não pulsa mais, pode até ser nossa amizade, porque não?

Prefiro mergulhar na esperança de que as pessoas e situações que antes me afligiam possam enfim, descansar em paz. Que morram e desapareçam do meu coração, pois a morte sempre é uma reflexão.

Acto 2:
Saber que algo de bom vai acontecer é no mínimo estranho e incoerente.

Quando esse descobrimento acontece, onde colocamos a fé e a esperança? Ou será que o descobrir faz parte dessa fé que prova o quanto é importante esperar?

Independente do que aconteça daqui para frente, quero esperar em Deus, ciente de que sempre o melhor Ele tem para mim.

Estou e sou grato a Deus por me mostrar que ando no caminho certo e se algo não sair do jeito que eu quero, aprendo que deve ser do jeito que Ele quer, para o meu próprio bem.

Obrigado Senhor, pelas conquistas (íntimo e pessoal), são tantas durante todo o ano de 2011, mas o melhor foi aproveitar do silêncio e esperar perseverando.

Acto 3:
Chegar à igreja e ver algumas pessoas reunidas me faz lembrar a época em que estive na CO.

Engraçado, pois o que sinto é um buraco, um vazio que não se pode preencher, não com ações ou algo que seja espiritual, então acabo preenchendo com pensamentos vagos e distantes.

É um misto de sentimentos... Frustração talvez ganhe dos demais, pois ao ver esse pessoal envolvido nos ministérios, percebo o quanto estou distante.

Essa distância tem um nome: MEDO!

Por muito tempo tive medo, confesso que ainda tenho, mas apesar de tudo cresço na graça e no amor daqu'Ele que é fiel e acima de tudo, justo.

Mas é essa justiça que faz com que o medo volte... Enfim, vai entender...

Acto 4:
Fragmentos de um dia reflexivo, cheios de altos e baixos, assim como sou.

É um misto de sentimentos, é um experimento de vida na minha própria vida, é um relaxar e descansar, é um vigiar e orar.

É um momento só meu, mas ao mesmo tempo tão seu, que divido contigo para que a reflexão possa se multiplicar em nossos corações.

É um momento tão seu e só seu que me atrevo a sentar-se e ficar em silêncio à observar.

Que possamos crescer em graça, viver no amor e alcançar o bem maior em Cristo Jesus.

Feliz 2012!
Rodrigo Melo.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Confissões... (6)

1 comentários

Sabe, estou muito feliz hoje.

Não aconteceu nada demais. Sem promoções, ou reconhecimentos, sem ligações, nem demonstrações de afeto, sem vocês (muito de vocês), mas quer saber a verdade? Mesmo assim a felicidade transborda em minha vida.

Mesmo que não pareça, estou muito feliz.

Essa felicidade não quer saber se tenho dinheiro no banco, nem liga se estou a pé ou de carro, muito menos se os que me rodeiam realmente gostam de mim, tão pouco está preocupada com o dia de amanhã.

Sim, estou muito feliz.

Feliz por saber que mesmo quando muitos (e aqui digo que são quase todos) viram as costas, estou sendo apoiado por Aquele que nos criou.

Preciso apenas canalizar essa felicidade e dividir com os mais chegados.

E aos chegados conto um conto incompleto...

Era uma vez, dois amigos de verdade. Eles sempre trocavam telefonemas. Eles sempre confidenciavam o que acontecia. Eles sempre saiam juntos e riam muito com todas as histórias. Eles brigavam também. Eles tinham respeito um pelo outro.

Era uma vez um amigo. Ele se afastou de todos. Ele mudou de humor e preferiu ficar sozinho. Ele até pensou em reconsiderar algumas situações, mas o velho homem não deixou. Ele travou e ainda trava uma luta intensa com o orgulho. ...

Não importa onde começa ou termina uma amizade. Não vale a pena questionar quem está certo ou errado. Não interessa a ninguém, se não aos próprios interessados, o que aconteceu se é que aconteceu alguma coisa de fato.

Tão pouco importa se sou eu, um dos amigos de ‘verdade’ ou se sou o que se ‘afastou’. Não importa mesmo, porque não faz diferença, ou faz?

E você? Qual ‘amigo’ tem sido para os seus amigos?

Façamos um trato: Com muitos ou com poucos amigos, sejamos felizes!

“Quem tem muitos amigos pode chegar à ruína,
mas existe amigo mais apegado que um irmão.”
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...