segunda-feira, 30 de março de 2009

Twittequeta.

0 comentários

Saiba regras de boas maneiras na nova febre da internet.

Por: Uol Tecnologia Via: charleslima Siga-me: rodrigosmelo

O serviço de microblog Twitter cresceu 1384% em 2008 e já é um sucesso na internet. Como a cada dia mais e mais pessoas passam a usar a ferramenta, o UOL Tecnologia preparou esse guia para você saber o que e como postar, ou melhor, twittar. Confira!


Preciso seguir todas as pessoas que eu conheço?
Não. O Twitter não é uma rede social como o Orkut onde você adiciona todos seus amigos e eles ficam ali no quadrado deles. No Twitter, você segue pessoas que postem coisas pelas quais você se interesse, sejam amigos, conhecidos, celebridades, professores, órgãos de imprensa etc.




Preciso seguir quem me segue?
Não. Como você recebe as atualizações das pessoas que segue na sua página, você só deve adicionar quem poste coisas relevantes para você. E lembre-se: quanto mais pessoas você segue, mais difícil achar o que interessa.


O que postar?
Apesar da pergunta do Twitter ser: "What are you doing?" (O que você está fazendo?), nem seu melhor amigo ou seu (sua) namorado (a) querem saber o que você faz a cada momento. Por isso, existem, sim, pessoas que usam a ferramenta para comunicar a amigos o que está fazendo, tratando a ferramenta como uma espécie de amigo imaginário já que você fala com/para o Twitter e não para uma pessoa ou um grupo de amigos. A mensagem só chegará a alguém que lhe seguir e ler seus posts, e isso pode ser praticamente em tempo real ou pode demorar anos.


Aí caímos em outro erro comum: transformar o Twitter em um comunicador instantâneo. Seu amigo lê um tweet seu, responde (a linguagem da ferramenta para resposta é @nome_de_usuário da pessoa), aí você responde a ele e aí vira um chat que todos seus amigos estarão lendo e poucos devem realmente estar interessados na conversa de vocês. Existe a opção (em Settings / Notices) de escolher quais respostas você quer ver: todas, somente das pessoas que você segue para pessoas que você segue ou nenhum.


Para nós, do UOL Tecnologia, você pode usar o Twitter para falar do seu cotidiano e sentimentos, para combinar encontros com pessoas, mas o principal uso da ferramenta é como uma espécie de RSS social. As pessoas enviam links e informações, mas não só isso: elas conversam sobre o que foi postado. Aí que está a grande sacada: além de se informar, você tem um espaço de discussão pública sobre assuntos de seu interesse.


E se alguém twittou algo legal que eu também quero twittar?
Você pode retwittar o que alguém twittou, é só colocar RT @nome_do_usuário e a frase e/ou link. Só não vale copiar o que alguém postou sem dar crédito. É como contar uma história para todo mundo sem falar a fonte, o famoso contar o milagre e não contar o santo.


O que não pode falar?
Falar mal do emprego não é aconselhável em nenhum lugar fora da internet e na web, tudo o que você falar poderá ser usado contra você. Uma adolescente foi mandada embora por reclamar do trabalho no Facebook e um homem perdeu a chance de ir pra Cisco por fazer comentários indevidos no Twitter sobre a proposta. Por isso, pense duas, três, quatro vezes antes de fazer qualquer comentário comprometedor no serviço. Lembre-se que se o seu perfil não é protegido, qualquer um pode ver o que você escreve, mesmo aqueles que não possuem conta no Twitter.


Além disso, não seja o chato que reclama de tudo (a não ser que tenha um pouco de humor) ou dê barraco. Para mensagens particulares existe o D @nome_do_usuário —a mensagem só vai para aquele usuário.


PS: Se achar que essas dicas todas são muito chatas, simplesmente não as siga. O mais legal do Twitter é escolher quem seguir. Se alguém só postar coisas que não agradem, é só dar um unfollow.

sábado, 28 de março de 2009

Hora do Planeta.

2 comentários

Nós fizemos a nossa parte, e você?





















video

A nova vida: a salvação.

0 comentários
“Porque o Filho do Homem veio salvar o que se tinha perdido” Mateus 18:11.

Com que alegria o pastor que tanto buscou sua ovelha falou ao voltar para casa: “Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida” Lucas 15:6!

Estar perdido significa ter fugido da voz do Pastor, do chamado do Evangelho e ter desprezado a graça de Deus. É expor-se a comparecer diante do “grande trono branco” e ser “lançado no lago de fogo” Apocalipse 20:11,15.

“Que é necessário que eu faça para me salvar?”, perguntou o carcereiro de Filipos a Paulo e Silas. A resposta foi imediata: “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa” Atos 16:30-31.

Porém essa resposta não é uma fórmula que se recita. Ela implica, como o próprio Paulo testificava em Éfeso com persistência, na “conversão a Deus e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo” Atos 20:21.

Notemos que a conversão a Deus está em primeiro lugar (compare com Lucas 24:47, literalmente: o arrependimento que conduz ao perdão de pecados). Arrepender-se é mudar de pensamento em relação a Deus, a si mesmo e ao pecado. Antes da conversão, talvez uma pessoa ignorasse a Deus, ou zombasse dEle (“se Deus existisse”…), ou pensasse que “o bom Deus sem dúvida vai levar em conta minha vida justa para me receber no céu”. Porém, Deus Se revela como Deus santo, o Deus justo; Deus, que é amor, também é luz.

“Enquanto tendes luz, crede na luz, para que sejais filhos da luz” João 12:36.

“Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo” Romanos 10:9.

Se a luz divina iluminar minha consciência, não poderei pensar mais que minha vida é correta e que posso agradar a Deus o bastante para ir para o céu. A luz de Sua Palavra mudará meus conceitos: “Não há diferença. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” Romanos 3:22-23. “E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados” Efésios 2:1. “O salário do pecado é a morte” Romanos 6:23, e não somente a morte física, mas também a eterna separação de Deus.

O arrependimento conduz à fé em nosso Senhor Jesus Cristo. “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus” Efésios 2:8. A fé na Palavra de Deus aceita que “Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores” Romanos 5:8, ou seja, que Ele morreu em nosso lugar: “Jesus, nosso Senhor, o qual por nossos pecados foi entregue e ressuscitou para nossa justificação” Romanos 4:25.

Ninguém é salvo pelas boas obras que pratica: “Deus, nosso Salvador… não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas, segundo a sua misericórdia, nos salvou” Tito 3:5. É um grave erro pensar que é necessário, de alguma maneira, completar a obra de Cristo em relação aos nossos pecados, fazendo boas obras que nos trarão méritos Efésios 2:9.

No entanto, depois da salvação as boas obras devem se manifestar como fruto natural do Espírito Santo. Fomos “criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas” Efésios 2:10.

“Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus” João 3:3.

Primeiro vem o arrependimento e a fé que acompanha o “novo nascimento” João 3:3-6; depois, as boas obras que Deus preparou, feitas por reconhecimento ao amor dEle: “Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados” 1 João 4:10.

Podemos, pois, considerar a salvação sob três perspectivas:

– Em relação ao passado: “sois salvos” Efésios 2:5,8; “Deus… nos salvou” 2 Timóteo 1:8-9. A certeza de ser salvo se apoia sobre a fé na Palavra de Deus.

– Em relação ao presente, o crente é salvo “por sua vida” Romanos 5:10, pela intercessão de Cristo Hebreus 7:25.

– Em relação ao futuro, Romanos 13:11 nos diz: “A nossa salvação está, agora, mais perto de nós do que quando aceitamos a fé”. Nós esperamos “a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo” Romanos 8:23. “Esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas” Filipenses 3:20-21.

Porém, a salvação em si mesma também apresenta diversos aspectos: o perdão, a purificação, a redenção, a justificação, a reconciliação, a santificação. “Ao único Deus, Salvador nosso, por Jesus Cristo, nosso Senhor, seja glória e majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, agora e para todo o sempre. Amém” Judas 1:25.

Fonte: irmaos.com (Devocional Boa Semente)

quarta-feira, 25 de março de 2009

Jesus é o caminho para a Índia.

0 comentários
"[...] como podemos saber o caminho? Respondeu Jesus: 'Eu sou o caminho, a verdade e a vida'." João 14:5b, 6a

Nesse início de ano, a Índia tem recebido muito destaque na mídia brasileira. Pode-se dizer que não só no Brasil. A grande surpresa do Oscar esse ano foi um filme indiano, que não apresenta o país como uma maravilha, mas, sem dúvida, traz sobre ele olhares do mundo inteiro. Além disso, o desempenho econômico tem dado destaque para a Índia nos principais jornais do mundo. Esse país tem influenciado as tendências da moda, de comportamento, de linguagem e relacionamento da população. No âmbito cristão, a Índia também gerou uma atenção especial, mas não para criar tendências, e sim para levar irmãos à oração.

A Índia sempre apresentou algumas limitações em relação à liberdade religiosa, mas depois de Agosto de 2008, em que cristãos foram acusados de matar o líder hindu Saraswati, a violência aumentou gravemente.

De acordo com a Classificação de países por perseguição, publicada anualmente pela Portas Abertas, a Índia subiu de posição. De 30º lugar em 2008, foi para 22º, entrando no grupo de nações com “Limitações severas”, principalmente após a onda de acidentes no final do ano.

Fontes afirmam que inúmeros cristãos foram atacados e mortos, e muitas casas e igrejas destruídas. Para saber mais detalhes sobre os incidentes na Índia, assista aqui ao vídeo em que o irmão André fala sobre a situação no país.

Neste ano, temos recebido diversas notícias sobre os incidentes com cristãos que ocorrem no país. Essa é uma das realidades da Índia, um cenário de intolerância religiosa sem perspectiva de melhoras. Um país que necessita profundamente descobrir e conhecer o único CAMINHO, verdade e vida: Jesus Cristo. Ele é o Caminho para a Índia.

Durante o mês de Março, a Missão Portas Abertas publicará em seu site uma série com três artigos especiais sobre a Índia. Acompanhe semanalmente as notícias em nosso site e fique informado sobre a perseguição de nossos irmãos indianos.

"A realidade sobre a Índia" é uma série de 3 artigos que contêm relatos de pastores que passaram pelos ataques dos últimos meses, entrevista com o diretor da Portas Abertas Índia e testemunhos.

Fonte: Missão Portas Abertas

segunda-feira, 23 de março de 2009

Uvas boas?

1 comentários
Por esses dias andei pensando sobre a “Canção da Vinha” em Isaías 5:1a7.
Será que estamos prontos, ou melhor, será que estamos em local propício, fértil, e além disso, será que estamos dispostos a deixar Deus lançar no terreno do nosso coração as melhores sementes e assim plantar as melhores videiras? Se nossa resposta for sim, eis que Deus nos conduzirá afim de darmos frutos bons.

Deus não vai lançar as sementes na superfície, Ele vai cavar a terra. Prepare-se, pois Deus vai lançar as sementes bem no fundo do teu coração.

Deus vai retirar as pedras. Ele não vai deixar que suas sementes germinem em um local sujo, cheio de pedras. Seus problemas serão retirados.

Deus agora planta as melhores videiras em seu coração. O que Ele quer com isso? Quer que você dê frutos, mas não somente isso, Ele quer frutos bons.

Deus constrói uma torre de sentinela no meio da vinha para te dar segurança. E observando vai tratando, podando. É isso que Deus faz através do Espírito Santo.

Deus constrói um lagar para depositar os frutos e assim espreme-los afim de extrair o suco, o resultado do Seu cultivo em seu coração.

Porém, se o fruto do seu coração não for bom, prepare-se, pois Ele será justo.

Derrubará a cerca e o muro que protege a vinha e a transformará em pasto, afim de que seja pisoteada. Transformará o terreno do seu coração em baldio. Não podará mais e deixará que espinhos e ervas daninhas cresçam nele. Não deixará que a chuva venha sobre ele.

“Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, Ele corta; e todo que dá fruto Ele poda, para que dê mais fruto ainda.” João 15:1

sexta-feira, 20 de março de 2009

Você confia em Deus?

0 comentários
Conta-se que um alpinista, desesperado por conquistar uma altíssima montanha, iniciou sua escalada depois de anos de preparação. Como queria a glória só para si, resolveu subir sem companheiros.

Enquanto subia a noite foi chegando e ele para ganhar tempo decidiu por não acampar, continuou sua escalada. A noite foi ficando densa em um determinado ponto da montanha, não se podia ver nada. Tudo era negro, a lua e as estrelas eram vistas com dificuldade por causa das nuvens que as cobriam.

Porém, nosso amigo alpinista continuou a escalada por um caminho estreito.

Aparentemente a poucos metros do topo escorregou e precipitou-se pelos ares, caindo a uma velocidade vertiginosa. Enquanto caia, o alpinista via apenas manchas escuras passando por ele e sentia a terrível sensação de ser sugado pela gravidade. Durante a queda livre pensou em alguns episódios felizes e tristes de sua vida.

Pensava na proximidade da morte... sem solução. Mas de repente, sentiu um solavanco forte, causado pelo esticar da corda na qual estava amarrado e presa nas estacas cravadas na montanha.

Após um momento de silêncio e solidão, suspenso no ar, não havia nada que pudesse fazer, então gritou com toda a força que ainda tinha:

  • Meu Deus, me ajuda!

De repente, uma voz grave e profunda vinda dos céus lhe respondeu:

  • Que queres que eu faça?

  • Salva-me, meu Deus!

  • Realmente crês que eu posso salvá-lo?

  • Com toda certeza, Senhor!

  • Então corta a corda na qual está amarrado.

Houve um momento de silêncio. Então o alpinista agarrou-se ainda mais à corda.

  • Porque duvidas? Não crês que sou Deus e posso salvá-lo?

  • Sim Senhor, mas...

  • Se creres verás a glória de Deus. Corta a corda!

......

A equipe de resgate encontrou o alpinista morto, congelado pelo frio, com as mãos agarradas fortemente à corda, a apenas dois metros do solo.

E você? Cortaria a corda? E nós que estamos tão agarrado às cordas? Será que as cortaríamos?

As vezes precisamos tomar decisões que testam nossa fé em Deus. Devemos diariamente exercitar nossa confiança em Deus.

Lembre-se: “Pois eu sou o Senhor, o seu Deus, que o segura pela mão direita e lhe diz: Não tema; eu o ajudarei.” Isaías 41:13

domingo, 15 de março de 2009

"Avivamento Gospel"

1 comentários
Dez regras práticas do "Avivamento Gospel"

1. Ficar sempre atento à programação mediática gospel dos meios de comunicação, a fim de não faltar aos shows e congressos de avivamentos “inspirituais” programados em seu Estado. Se possível freqüente essas seções diariamente. Quanto ao estudo da Palavra, basta apenas aquela horinha na escola bíblica dominical.

2. Não quebre a cabeça com estudos bíblicos demasiados longos, principalmente àqueles que exigem uma infinidade de obras para consultar, como livros de História, de Geografia, de Filosofia Cristã, de Teologia e outras “gias”, além de enciclopédias e dicionários. Nas livrarias gospel você já encontra tudo mastigadinho para o seu crescimento espiritual, sem necessidade de forçar a mente. Lá você pode adquirir pacotes de “pague 3 e leve 4”.

3. Se tiver que decidir entre um “show de avivamento” e uma reunião de estudo bíblico, não vacile escolha o primeiro. Afinal, a nossa vida aqui é tão curta, e esse negócio de estudo pode prejudicar a saúde mental, principalmente daqueles que já ultrapassaram os 45 anos. Veja e compare: aqueles que saem dos "retetés" de avivamento apresentam-se alegres e de faces radiantes, enquanto aqueles que saem do estudo das Escrituras Sagradas apresentam-se cabisbaixos, apáticos e com cenhos franzidos, como se tivessem acabado de assistir a uma sessão de tortura.

4. Nos grandes congressos e festas gospel use ao máximo, o som esfuziante das bandas de forró, axé e frevo. Não deixe a multidão “paradona”. Incentive as palmas, os gritos dos bordões evangeliquês, os pula-pulas, os cai-cai, etc

5. Se você é o preletor oficial, nunca deixe de suar a camisa, e se possível o paletó. Nunca deixe de imprimir aquele vozeirão dramático e tonitruante. Se a platéia se mostrar fria, exerça os seus dons teatrais, como pulos, cambalhotas, sapateados e lançamentos de bíblias ou lenços, que você tão bem ensaiou.

6. Não deixe de comprar em nossas livrarias, os famosos livros de marketing sobre pregações para multidões, como os recentemente publicados: “Como Inflamar as Multidões” ─ de Flamarion Nazareno; e o best-seller: "Cem Conselhos para Incendiar as Igrejas"─ de Pinto Sette e Caio Botafogo.

7. Os organizadores dos shows de avivamento gospel, não podem em hipótese alguma, reservar muito tempo para a exposição da Palavra de Deus. Os sermões longos causam enfado e deixam as multidões sonolentas.

8. É patente e notório que, se você quiser ganhar um maior número de almas para seu rebanho, deverá pregar mais sobre Apocalipse, enfatizando com cores fortes, o terror do fim do mundo e do inferno. As pessoas temem muito o castigo final, e consequentemente, vão procurar ligeirinho, uma igreja para se congregar.

9. Não esqueça o que preconiza o marketing da “Hora do Apelo”. O mesmo deve ser executado com muito esmero. Intensa e solene dramatização, ao som de “corinhos” e de uma suave e crescente pressão dos auxiliares junto ao assustado pecador, para que “livremente”, ele se dirija ao púlpito, a fim de ser contabilizado para a honra e glória do pregador.

10. Após o término dos shows, todos deverão procurar as nossas barracas de cds, vídeos, camisetas, revistas, sandálias, toalhas, pratos, chaveiros, bolsas e bonés com versículos bíblicos e emblemas judaico-cristãos, a fim de adquirir um ou mais objetos para se guardar como recordação. OBSERVAÇÃO: levem sempre algum dinheiro na carteira, pois não aceitamos cheques ou cartões de crédito.

Fonte: Ensaios & Prosas

sábado, 14 de março de 2009

O poder de Deus.

0 comentários
Como pode um pequeno e finito mortal descrever o poder de nosso Criador, ou descrever tudo que nosso infinito Criador é capaz de realizar?

Naturalmente isto é impossível, pois Deus é tão poderoso e grande, que tudo que Ele é está muito além da capacidade da nossa pequena mente.

Deus, porém, revelou-se a Si mesmo através da Sua Palavra, a Bíblia, de maneira adequada e suficiente para nos dar uma ideia do seu inesgotável poder de realizar qualquer coisa que aos olhos humanos pareça impossível.

Ele criou o mundo e o tem sustentado no espaço somente pelo seu poder por milhares de anos. Ele tem suprido as necessidades da nossa terra, a despeito das forças destruidoras de Satanás e do próprio homem...

... continua aqui ...

Fonte: World Missionary Press

terça-feira, 10 de março de 2009

Oprimir! Agora vale?

0 comentários
Dias atrás, em visita a uma igreja, ouvimos numa pregação que Deus nos entrega a Satanás caso não tenhamos amor, medo e reverência por Ele. Foi usado o texto de 1º Coríntios 5:5 “... entreguem esse homem a Satanás ...” e 1 Timóteo 1:20 “Entre eles estão Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar.”. O que mais me intrigou é que não fizeram observação alguma a respeito dos textos lidos, não mencionaram que se tratava de uma “Disciplina Eclesiástica”, simplesmente trataram como sendo literal.

Fiquei boquiaberto, e me questionei, como assim?!? Evangelho da Opressão, agora?

Não podia aceitar que alguém pudesse falar algo assim. Mas mesmo não aceitando não pude fazer nada.

Dias depois, mais precisamente (08/03), estava eu no culto de domingo da igreja que congrego e durante a pregação, eis que ouço: “Deus não os tirou da terra do Egito para serem mortos por gigantes.” - em referência a Números 14:5a9, daí pensei, se Deus não entrega seu povo aos gigantes para serem mortos, que dirá entregar a Satanás...

Sou grato a Deus por estar presente e nos dar as respostas...

segunda-feira, 2 de março de 2009

Eu vejo uma Luz!

0 comentários
Preciso dizer que estou apavorado com você. Como pode invadir assim nossas vidas e tomar conta como se lhe pertencesse algo que é só nosso? Como é possível mesmo fazendo tanto mal estar presente e se fazer importante?

Não aceito suas desculpas, não as quero para minha família, não as considero verdadeiras e o que mais quero agora e sentir-se livre das suas guarras. Não coopero com seu crescimento, não considero correto, não imagino o certo por traz desta situação.

Protesto contra você!

Eu vejo uma Luz! (DJ Alpiste)

Abri os olhos comecei a pensar, minha vida tá difícil eu tenho que parar, à noite é fria eu não consigo dormir o telefone não toca hoje não vou sair, a depressão quer me pegar, não sei o que fazer, melhor ficar sozinho pra espairecer, nessa hora penso em tudo que eu fiz, até agora não consegui ser feliz, alguns momentos de prazer talvez, não consigo esquecer o que essa vida me fez, me deixou frio, calculista, inseguro, tô cansado de andar em cima do muro...

Tô confuso e a revolta cresce no meu peito, dá vontade de sair por aí sentando o dedo, pode crer motivos eu tenho de sobra, sou mais uma serpente neste mundo de cobra, procuro alguma coisa pra me distrair, cheirei todo o pó eu quero sumir, é eu sei que pra você parece fácil, se tá com dinheiro se tá empregado, tem carro do ano só anda nos pano, terminou a faculdade agora vai casar, a primeira namorada, filhos, um lar, parabéns meu camarada, você venceu, quanta diferença entre você e eu, mas se liga, olha ao seu redor e me diga, dinheiro, é o nome do jogo, se você não tem você é como um tolo, não adianta você ter educação, quando a meia noite chegar o ladrão, e te deixar sem roupa no meio da rua não olhe pra min, a culpa é toda sua, seu preconceito impediu o esclarecimento, viveu alienado, passou o tempo, infelizmente assim caminha a humanidade, seja bem-vindo a realidade...

Viajo novamente no meu pensamento, é eu sinto que ainda tenho tempo, de mudar para sempre o meu destino, realizar um sonho de menino, ouvir a voz de Deus no meu coração, começo a falar numa oração: Senhor por favor ouça o meu clamor pois não agüento mais essa vida de horror, reconheço que pisei muito na bola, he dei muita mancada joguei minha vida fora, estou aqui pra te pedir perdão, sua misericórdia sua compaixão, muda minha vida me faz renascer, nunca mais vou cair eu quero vencer, não abro mão da minha felicidade não, muito menos de passar a eternidade, do lado daquele que me criou, me deu a vida sim me deu amor, eu não tô nem aí pro que vão falar de mim, he, daqui pra frente mano vai ser assim, estamos juntos e agora é pra valer, encontrei a paz que me faz viver, no fim do túnel brilhou uma luz, no meu coração do que disse Jesus.

Eu vejo uma luz, eu vejo uma luz, sim eu vejo uma luz

Diga NÃO as drogras!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...