segunda-feira, 2 de março de 2009

Eu vejo uma Luz!

Preciso dizer que estou apavorado com você. Como pode invadir assim nossas vidas e tomar conta como se lhe pertencesse algo que é só nosso? Como é possível mesmo fazendo tanto mal estar presente e se fazer importante?

Não aceito suas desculpas, não as quero para minha família, não as considero verdadeiras e o que mais quero agora e sentir-se livre das suas guarras. Não coopero com seu crescimento, não considero correto, não imagino o certo por traz desta situação.

Protesto contra você!

Eu vejo uma Luz! (DJ Alpiste)

Abri os olhos comecei a pensar, minha vida tá difícil eu tenho que parar, à noite é fria eu não consigo dormir o telefone não toca hoje não vou sair, a depressão quer me pegar, não sei o que fazer, melhor ficar sozinho pra espairecer, nessa hora penso em tudo que eu fiz, até agora não consegui ser feliz, alguns momentos de prazer talvez, não consigo esquecer o que essa vida me fez, me deixou frio, calculista, inseguro, tô cansado de andar em cima do muro...

Tô confuso e a revolta cresce no meu peito, dá vontade de sair por aí sentando o dedo, pode crer motivos eu tenho de sobra, sou mais uma serpente neste mundo de cobra, procuro alguma coisa pra me distrair, cheirei todo o pó eu quero sumir, é eu sei que pra você parece fácil, se tá com dinheiro se tá empregado, tem carro do ano só anda nos pano, terminou a faculdade agora vai casar, a primeira namorada, filhos, um lar, parabéns meu camarada, você venceu, quanta diferença entre você e eu, mas se liga, olha ao seu redor e me diga, dinheiro, é o nome do jogo, se você não tem você é como um tolo, não adianta você ter educação, quando a meia noite chegar o ladrão, e te deixar sem roupa no meio da rua não olhe pra min, a culpa é toda sua, seu preconceito impediu o esclarecimento, viveu alienado, passou o tempo, infelizmente assim caminha a humanidade, seja bem-vindo a realidade...

Viajo novamente no meu pensamento, é eu sinto que ainda tenho tempo, de mudar para sempre o meu destino, realizar um sonho de menino, ouvir a voz de Deus no meu coração, começo a falar numa oração: Senhor por favor ouça o meu clamor pois não agüento mais essa vida de horror, reconheço que pisei muito na bola, he dei muita mancada joguei minha vida fora, estou aqui pra te pedir perdão, sua misericórdia sua compaixão, muda minha vida me faz renascer, nunca mais vou cair eu quero vencer, não abro mão da minha felicidade não, muito menos de passar a eternidade, do lado daquele que me criou, me deu a vida sim me deu amor, eu não tô nem aí pro que vão falar de mim, he, daqui pra frente mano vai ser assim, estamos juntos e agora é pra valer, encontrei a paz que me faz viver, no fim do túnel brilhou uma luz, no meu coração do que disse Jesus.

Eu vejo uma luz, eu vejo uma luz, sim eu vejo uma luz

Diga NÃO as drogras!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...