sábado, 4 de abril de 2009

Jesus ainda perdoa pecados!

Uma multidão atenta aos ensinamentos de Jesus, uma porção de fariseus, mestres da lei, era tanta gente que não havia lugar junto a porta. Amigos o carregam, quem? Um paralítico. Os amigos estão dispostos a ajudá-lo, mas a multidão de tão inquieta não os deixavam passar.

Quem sabe os amigos não começaram a chamar a atenção daquela multidão dizendo: - Vocês não estão vendo? Estamos com um paralítico. Deixem-nos ver Jesus! Mas quem já foi em algum lugar onde um astro (da música ou das telonas) se apresenta, sabe como a multidão se comporta e sabe também que por mais que você queira chegar perto, não conseguirá.

Jesus era o astro naquela ocasião! Quando chegava em determinado lugar acontecia que uma multidão aparecia para acompanhá-lo, para ouví-lo, para tocá-lo. Jesus trazia alento ao povo. O povo queria Jesus.

Mas os amigos daquele paralítico estavam decididos a colocá-lo diante de Jesus. Talvez dissessem uns aos outros, “Chegamos até aqui e vamos até o fim.”, “Mas como faremos isso?”

Imagina agora, esses amigos junto com o paralítico buscando uma solução. Olham ao redor e para aquela multidão... então, olham para o alto e alguém diz: “Vamos por ali!” E sem hesitar os amigos pegam a maca e começam a escalada rumo ao terraço. Chegando lá, removeram parte da cobertura e começaram a descer a maca.

Talvez parte da multidão estivesse alvoroçada com aquela situação. Talvez muitos ficaram revoltados pois estavam ali e queriam ver Jesus, falar com ele, tocá-lo. Outros enfermos também queriam encontrá-lo. Mas o fato é que aquele grupo de amigos estavam decididos a levar o paralítico até Jesus.

Jesus ao ver a fé que eles tinham, reparem, não foi a fé do paralítico ou a fé de um dos amigos apenas, mas a fé que ELES tinham, disse: “Homem, os seus pecados estão perdoados” Lucas 5:20. É impressionante ver que Jesus levou em consideração a ação daqueles amigos em favor do paralítico, pois foi através desse ato de auxílio destemido que Jesus anunciou o perdão pelos pecados daquele paralítico.

Jesus ainda perdoa pecados. Mas para o grupo de fariseus e mestres da lei isso era muita insolência da parte de Jesus. Mas não disseram nada, apenas pensaram consigo: “Quem é esse que blasfema? Quem pode perdoar pecados, a não ser somente Deus?” Lucas 5:21.

Porém, assim como Jesus sabia da intenção dos amigos e do paralítico, sabia também o que aqueles fariseus e mestres estavam pensando e como quem tira um coelho da cartola diz: “Por que vocês estão pensando assim? Que é mais fácil dizer: 'Os seus pecados estão perdoados', ou 'Levante-se e ande'? Lucas 5:23. E sem dar tempo para que alguém pudesse replicar, continuou: “Mas, para que vocês saibam que o Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados” - disse ao paralítico - “eu lhe digo: Levante-se, pegue a sua maca e vá para casa” Lucas 5:24.

Naquele exato momento o paralítico, já não era mais paralítico! Levantando-se pegou sua maca e foi para casa louvando a Deus. Acredito que no caminho ele deve ter dado piruetas de alegria, saltado o mais alto que pudesse, corrido para todos os lados, e (a bíblia não diz nada disso, só minha imaginação) juntamente com seus amigos voltaram alegres glorificando e louvando a Deus.

Restou aos que ficaram e presenciaram tal manifestação do poder de Deus, dizer: “Hoje vimos coisas extraordinárias!” Lucas 5:26.

Resta a mim dizer: “Jesus ainda perdoa pecados! Jesus cura, mas Ele ainda perdoa pecados!”

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...