sexta-feira, 3 de abril de 2009

Só o Senhor mesmo...

É isso! Uma profunda tristeza me invade. Acontece, ainda que raras vezes, momentos assim onde parece que tudo está errado. Por enquanto não sei explicar (nem sei se algum dia saberei) como ou de onde provêm tal sentimento, só sei que é uma sensação de angústia misturada com raiva, temor e tremor.

E quando estou assim, fico me perguntando:

- Raiva exatamente do que? Raiva de alguém? Triste e angustiado porque?


Já notei que quando essa sensação aparece algumas coisas ruins acontecem, e se eu não me conhecesse tão bem, faria aquela célebre pergunta ao meu Deus:

- Porque coisas ruins acontecem a pessoas boas?



Não! Não acreditem em mim, não sou tão ruim assim. Espero que os poucos que perderem seu precioso tempo lendo, minhas palavras de desabafo, entendam que só não consigo dizer em PALAVRAS o que estou sentindo, mas isso não quer dizer que sou mal. Mas se não vejo o mal em mim não deveria me sentir assim. Ou pior, pelo fato de não ver o mal em mim, inconscientemente me culpo. Será? Não sei.

A verdade é que tenho motivos, não de sobra, mas são muitos, para dar boas gargalhadas, só não consigo. Não vejo sentido.

Na maioria das vezes não invejo, não me zango, não almejo, não me importo... Talvez devesse invejar, me zangar, almejar, me importar... nem que seja por um momento.

Na maioria das vezes não controlo, não pondero, não preciso, não tolero... Talvez devesse controlar, ponderar, precisar e tolerar... nem que seja por um momento.

Pensando bem preciso de tanta coisa e TANTA COISA não faz sentido. A verdade é que nossa vida não faz sentido, a não ser que vejamos algo de bom nela, mas se não enxergamos nada de bom, quem enxergará? Só o Senhor mesmo...

Um "insghit" ... nesse exato momento não me tolero.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...