sábado, 4 de julho de 2009

Quero morrer.


É isto mesmo que você leu no título: Eu quero morrer.

Na verdade, anseio morrer faz três anos, mas minhas tentativas têm sido frustradas. Já tive ideias mirabolantes, de causar inveja ao Tião Gavião, personagem do desenho Penélope Charmosa ou ao Coiote, do desenho Papa-Léguas. Também fiz tentativas estúpidas, das quais saí um pouco machucado, mas não chegaram nem perto do meu objetivo principal, que é a morte.

Compartilho da mesma filosofia de todo tipo de suicida, apesar de me considerar de um tipo bem diferente. Creio que a morte vai trazer finalmente paz para o meu coração atribulado.

Acabo de ter uma ideia muito boa para concretizar meu intento. Após analisar meus sucessivos fracassos, decidi pedir ajuda, pois cheguei à conclusão de que sou tão incompetente que nem mesmo morrer eu consigo, mais um motivo para querer a morte.

Às vezes, até acho que meus planos foram frustrados porque lá no fundo eu não quero morrer. Eu preciso morrer, pois a cada dia que passa suporto menos este mundo e a mim mesmo, mas não consigo abrir mão da minha vida. Eu quero, mas não consigo, por isto necessitarei de auxílio.

E não pedirei ajuda para um qualquer não, tem que ser um profissional, entendido do assunto. Não quero que nada dê errado e eu me torne um vivo inválido, me arrastando ou sendo carregado pelo resto da vida, ou pior, vegetando apenas.

Já escolhi meu executor, e o escolhi muito bem. Sei que ele é especialista e se preocupa em cumprir este trabalho, evitando a dor de sua vítima, desde que esta não se debata muito.

Como já disse, faz três anos que quero morrer e busco isto, mas tenho falhado.

Quero morrer para este mundo, pois não há nada de bom nele para mim.

Quero morrer para a vaidade, que insiste em me dizer que sou mais bonito que uns, que sou mais inteligente e tenho mais conhecimento que outros e que pelo que tenho, sou melhor.

Quero morrer para a minha soberba, que faz com que me relacione com as pessoas com ar de superioridade.

Quero morrer para a minha falta de compromisso com o que creio e prego e deixar de ser um hipócrita.

Quero morrer também para a minha mesquinhez, que pede misericórdia e perdão para os meus erros, mas justiça e castigo para os outros.

Também desejo morrer para a minha falta de amor, que serve de contra-testemunho para aquilo que digo crer.

Talvez você entenda agora os motivos dos meus sucessivos fracassos em tentar morrer. E saiba que esta lista não se encerra por aqui.

Meu executor? Como disse, é especialista em morte. Tão especialista que até ele mesmo já morreu e é na morte dele que desejo de todo o meu coração morrer. Mas morrerei na esperança de que viverei novamente a vida do meu amado executor, porque ele vive.

Meu executor? Bem… Creio que já faz ideia de quem seja.

5 comentários:

Herval Junior disse...

Você me convidou para conhecer seu blog e me deparo com o título "Quero morrer".Aff!
Pára com isso,cara!
Espero que seja uma boa postagem de ficcção, que , aliás, muito bem escrito.
Abraços e que seu executor , que conheço bem , o esteja ignorando,ok?

Rodrigo Melo disse...

Herval!

Desculpa... rsrs

Não, eu não quero morrer! Mas gostei muito desse post do Giuliano Barcelos... nos faz refletir em nossa vida e como a conduzimos...

Obrigado pela visita... espero que volte mais vezes e que possar ler algo menos impactante, mais agradável, porém, sempre apontando para o alto.

A Paz!

Levi Bronzeado disse...

Caro Rodrigo

Que excelente pescaria fizeste.
Esse texto muitíssimo bem elaborado, é um daqueles que devem ficar guardados pelo resto de nossas vidas.

São ensaios dessa natureza que engrandecem o genuíno Evangelho de Cristo.

Que Deus sempre te ilumine,para que, ao lançar a tua rede no vasto mar da blogosfera, venhas pescar maravilhosos peixes, como esse, para nossa sadia nutrição espiritual.

Quero deixar registrada aqui uma metáfora:
"QUERO TAMBÉM MORRER DE MIM"

Mais uma vez: PARABÉNS.

Anônimo disse...

TAÍS... nossa... tudo o que vc colocou nesse texto é o que eu sinto!!!
e eu quero morrer, e já tentei mais nem pra me matar eu presto, é deprimente saber disso!!
mais estou tentando tirar esse sentimentos e essa vontade de morte do meu peito e da minha mente, não consegui ainda + não vou desistir (eu acho) muitos me dizem que eu sou louca mais agora eu sei que não sou a única q sente o que eu sinto, e tbm dizem q sou nova d+ pra ser assim ELE NÃO ME ENTENDEM!!!:( muito massa seu texto adorei! bjouxxx

Rodrigo Melo disse...

Levi Bronzeado!

Me alegra muito suas visitas por aqui, melhor ainda quando comenta, pois é sempre gratificante saber que, ao que parece, estou no caminho certo.

Obrigado pelas palavras!

Anônima Taís!

Esse texto é de um amigo, o Giuliano Barcelos, que reflete a nossa necessidade de morrer diariamente para os nossos anseios e vontades, de deixar de lado aquilo que queremos para nós e começarmos a olhar ao redor.

Nos faz refletir no sacrifíco de Jesus e que por mais que eu e você queira "morrer", Ele já fez isso por todos nós!

"Foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de dores e experimentado no sofrimento. Como alguém de quem os homens escondem o rosto, foi desprezado, e nós não o tínhamos em estima. Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças; contudo nós o consideramos castigado por Deus, por Deus atingido e afligido. Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados. Todos nós, tal qual ovelhas, nos desviamos, cada um de nós se voltou para o seu próprio caminho; e o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós. Ele foi oprimido e afligido; e, contudo, não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado para o matadouro, e como uma ovelha que diante de seus tosquiadores fica calada, ele não abriu a sua boca." Isaías 53:2a7

Querida Taís não precisa pagar com a vida, porque Jesus já o fez... apenas reconheça que é pecadora igual a todos nós e entregue a Ele sua vida.

Que a Paz de Deus invada seu coração, que o Espírito Santo te auxilie e guarde, que você possa reconhecer o sacrifício de Jesus por seus pecados!

Se quiser mande um e-mail para rodrigomelo@irmaos.com.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...