sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Fake conhecido!

Estou enrolando para escrever esse post a semanas, mais precisamente no dia em que ouvi os podcasts BBB - Qual o seu valor? e FAKE - O Diabo Veste Prada, ambos do JVnaEstrada. Enquanto ouvia, minha cabeça fervia revirando a memória, até encontrar você, meu querido 'fake conhecido'!

Desde aquele fatídico aparecimento na rede até hoje não entendi muito bem o que motiva a sua vida, o seu 'levantar da cama' de todos os dias. É verdade que para um fake como você devemos tirar o chapéu, pois imaginem só que alguém com tantos afazeres prestou-se ao trabalho de apresentar-se assim, 'Alguém que Você conhece.'

Não, não te conheço, a verdade é que nunca o conheci de fato. Lembro-me de muitas conversas, muitos passeios e muitas risadas, teve também momentos emocionantes e tudo isso compartilhamos juntos. Então, o teto de vidro da nossa amizade (Hoje pergunto, qual?) foi atingido por pedras lançadas pelo seu orgulho e por minha indiferença, a partir daí veio o silêncio...

Mas depois de um longo período em silêncio quero lhe falar, à você e à todos: Fake conhecido só é pior quando também denomina-se crente, e bota crente nisso, pois precisa ter fé suficiente (quem sabe dois grãos de mostarda) em si mesmo para acreditar que consegue enganar todas as pessoas ao seu redor.

Não vou dar-te o Ibope desejado, mas usarei isso como uma lição, porque percebi que muitas pessoas vivem realmente em um mundo só seu, onde só entra quem é convidado e quando é conveniente, do contrário é 'carta fora do baralho'. Para muitas pessoas que o conhecem, do mundo de faz-de-conta, nada mudou e mesmo que elas te enxerguem com outros olhos, mais aguçados talvez, um fake nunca perde a maestria, porém, sobrou a mim o aprendizado de que não se deve entrar no mundo das pessoas sem ser convidado, ainda que a vida dela seja atraente e comovente ao mesmo tempo, ainda que só de olhar saibamos o que está acontecendo.

Alguém que se dá ao trabalho de manter uma página de relacionamentos como se fosse um boneco Vodu de tantas alfinetas que aparecem nos textos 'floridos' e 'cheios de deus', que mantém uma mentira virtual para se livrar da verdade carnal, que pensa (trama) minuciosamente em tudo, pois tem um coração gelado, esse alguém precisa encontrar de fato, o cara que pode mudar tudo isso, um tal de J.C., pois esse alguém ainda só O conhece de ouvir falar!

***

Galera do JVnaEstrada, show de bola os podcasts!

Um comentário:

Luiz Clédio Monteiro disse...

Ola irmao e amigo, estou retribuindo a getileza de seguir meu blog.
O seu é interessantissimo. e ja esotu seguindo-o

fique com Deus e na paz.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...