segunda-feira, 12 de abril de 2010

Eu sou o palhaço.

Deus? Quero falar contigo novamente... te importas em ceder um pouco do seu tempo?

Queria poder dizer que está tudo bem, que estamos felizes e que nada nos incomoda, mas não posso faltar com a verdade, não posso fingir que tudo está bem quando não está, não posso ser igual àqueles que usam desse artifício sem que se sintam mentirosos, mesquinhos e manipuladores. Não farei isso, não fará bem à minh'alma.

Sabe de uma coisa?! Me estraga por dentro um relacionamento infrutífero, daqueles que constroem histórias fictícias para si e à todos ao redor. E me estraga por fora também, pois tenho raiva e por vezes dá vontade de dar uma surra. Nessas horas meus olhos se enchem de cólera, dessas que vem do coração, nessas horas não meço palavras nem tão pouco cargos, que se explodam os cargos e suas hierarquias ridículas no contexto cristão, pois somos acima de tudo humanos, carne e ossos, sangue.

O que me faz sentir menos palhaço em toda esta situação é saber que essa hierarquia dentro da igreja enquanto vista por alguns como fonte de renda certa, na verdade nada mais é do que o passe para às portas do inferno. Pois quanto mais próximo de se tornar um pastor você estiver, mais próximo estará das portas do inferno. O que me conforta mais ainda é saber que Deus coloca às portas do inferno pessoas dispostas, líderes servidores, pessoas que realmente receberam o chamado para o pastoreio.

Portanto, não fique batendo no peito dizendo: "Eu fui chamado, fui ungido, fui escolhido.", enfatizando que recebeu ordem de Deus, que recebeu a visão. Em primeiro lugar, não minta para si próprio, não se deixe levar pela ambição de uma vida aparentemente estável, regular. Se quer realmente pastorear, esteja preparado para encarar o diabo!

Mas porque alguns insistem em querer levar vantagem com isso? Porque pensam que ser diácono, presbítero, apóstolo e etc, lhe dá o direito de brincar com a vida alheia?

Não sei, mas qualquer dias desses pergunto diretamente à você!

Oremos: "Senhor, guarda o coração dos seus filhos tão amados, que a Sua pequena luz brilhe no coração dos seus! Que em tudo eles possam sentir que o Senhor trabalha e é por eles. Que onde quer que eles estiverem Sua poderosa mão os guie, e por onde quer que andarem Seu amor os alcance. Diante dessa situação tão incomoda e decepcionante, que a Sua soberana vontade se faça cumprir na vida deles. E que o Senhor contemple os anseios deles e guarde todos os pensamentos e livra-os de todo mal. Sê com eles Pai, e no nome de Jesus trabalhe nessa circunstância, que hoje, não glorifica o seu Santo nome! Que o Senhor cresça nas nossas vidas e que nós diminuamos ante a Ti! Muda e quebra toda a situação adversa e contrária à Sua Palavra e o que tiver que ser feito Senhor, que tudo seja pra Tua Glória e Louvor!"

Amém...

"Usa-nos como vasos, usa-nos como flechas e que possamos entrar no mais profundo da carne humana como homens e mulheres com o remédio vindo do céu! Nós te amamos Pai... e não deixa as pessoas agirem somente com o coração e caráter, que necessita de transformações, contra nossas vidas e nossos ideais. Cura e mostra toda a adversidade que nos cerca. Livra-os dessa cegueira espiritual e trabalha no coração e caráter deles, porque eles precisam. Mostra que quem és tudo e merece honra e glória é o Senhor e não simples líderes... Trabalha para que esse trabalho, de pequenos grupos, não se quebre pelas mãos de pessoas que necessitam de Ti. É o que te peço, e com certeza já te agradeço Senhor, em nome de Jesus!"


Amém.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...