sexta-feira, 30 de abril de 2010

Para quem iremos?


Muitos estavam seguindo Jesus e presenciando os milagres que ele estava realizando nos lugares por onde passava. Em um desses milagres, mais de cinco mil pessoas participaram da multiplicação de cinco pães e dois peixes. Entretanto, não era difícil entender o motivo do grande interesse em estar perto de Jesus. A grande maioria das pessoas estava interessada no pão e na comida. Tinham apenas o desejo de uma satisfação física e obviamente, passageira.

Jesus começa um discurso fundamentado naquilo que realmente é a verdadeira comida. O pão que desceu do céu. O maná que o povo de Israel comeu no deserto e que todos pensavam ter recebido de Moisés, agora estava sendo confrontado com o verdadeiro pão do céu, Jesus. João 6:31-34

Isso foi o suficiente para começarem as queixas e os questionamentos. Pão do céu! Esse não é Jesus filho de José? Como ele pode dizer: desci do céu? Jesus porém, era preciso e categórico em suas palavras: “Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre” João 6:51. “Quem come minha carne e bebe meu sangue possui vida eterna” João 6:54.

Com isso, eles ficaram tão indignados que não suportavam mais ouvir as palavras de Jesus e muitos começaram a sair e deixaram Jesus. Aos poucos foi restando apenas os doze discípulos. João 6:66

Eu confesso que fiquei me perguntando para onde aquela multidão foi. Não sei que caminhos existiam para que eles pudessem virar as costas ao verdadeiro pão da vida.
Quando Jesus perguntou aos doze: vocês também não querem ir ? Pedro Respondeu: “Senhor, para quem iremos ? Tu tens as palavras de vida eterna. Nós cremos e sabemos que tu és o Santo de Deus”. João 6:67-68

O discurso de Jesus ainda hoje nos confronta e expõe a verdadeira motivação que permeia os nossos corações. As palavras de Jesus revelam as nossas intenções em estar perto d'Ele. Jesus sabe se estamos à procura de comida ou se queremos um relacionamento profundo e íntimo com o Pai. Ele sabe se queremos satisfação física ou realizações momentâneas em vez de uma vida abundante e eterna. As palavras de Jesus servem para nos libertar da religiosidade, nos livrar de nossos próprios conceitos e ideias. As palavras de Jesus nos levam a uma profunda consciência do Reino de Deus:

Pois o Reino de Deus não é comida nem bebida,
mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo.”

As palavras de Jesus confrontam os nossos pecados, os nossos temores e também o nível de comprometimento com o Seu reino. Diante desse discurso podemos até pensar ser pesado demais andar com Cristo, porém, lembre-se que o próprio Jesus disse: 

“Venham a mim, todos que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. Mateus 11:28-30

Para quem podemos ir diante de um discurso que revela quem realmente é Jesus? Qual o caminho que podemos tomar depois de recebermos a revelação do verdadeiro caminho, a verdade e a vida? Que tipo de vida nós teremos após sermos confrontados com a santidade de Jesus? Será que vamos virar as costas por pensarmos que esse discurso é pesado demais para nós?

Quer um conselho?
Não vá a lugar algum!
Pois, para quem iremos nós?
Só Jesus tem as palavras de vida eterna!

No amor do Pai.

3 comentários:

O Pastor disse...

Concordo amado.
Não há outro lugar pra ir. Devemos ficar juntinhos debaixo da asa do nosso mestre.
Lembremos da arca de Noé. Dentro da arca podia estar difícil, mas lá fora estava insuportável.
Paz.

O Pastor disse...

A paz,

Você, e todos os que leêm e seguem o seu blog estão sendo convidados a ouvir e participar com seus comentários
do 2º PODCAST - Retendo o bem com o tema " O DIA D".
Nos sentiremos honrados em poder contar com sua contribuição neste assunto que é de interesse de todo o povo evangélico.
Aguardamos sua participação nos comentários.

Equipe "O pastor"

Segue o link (copie e cole no navegador):

http://diariodoppastor.blogspot.com/2010/04/podcast-retendo-o-bem-o-dia-d.html

martins111 disse...

Visitei o teu blog e gostei. Retribua a visita e diga qual impressão que teve do meu. Se gostar poderemos até fazer uma parceria. Um grande abraço de João Joaquim Martins. http://martins211.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...