segunda-feira, 5 de julho de 2010

Se eu fosse um Pastor...

Por S. Limberger - Buscai o Reino
 
Quando eu crescer,
Se um dia isso acontecer,
Eu queria ser Pastor.

Daqueles que têm um “Pr” bem grande na frente do nome!
E se possível for, nem me chamem pelo nome, não preciso de louvor,
Podem simplesmente, me chamar de Pastor!

Bispo ou Reverendo é muito para mim,
Servo? - Sim, eu sirvo por amor,
Mas por favor, respeitem minha vocação,
Podem simplesmente, me chamar de Pastor!

E quando minha mulher, filhos ou amigos chamarem meu nome:
- Não! Por favor! Podem simplesmente, me chamar de Pastor!
Sim, eu disse mulher... Afinal, diferente do Padre,
O Pastor pode casar, por isso escolhi essa vocação, meu chamado é ser Pastor.

Porém, quando eu errar, não olhem para mim, lembrem-se: eu sou pecador!
Mas quando eu acertar, respeitem minha vocação!
Podem simplesmente dizer: - Parabéns Pastor.

Quando eu crescer,
Se um dia isso acontecer,
Eu queria ser Pastor.

Daqueles grandões, que nas eleições, ganha de vereador, afinal, eu sou Pastor.
O dinheiro não me importa, eu quero mesmo seguir a minha missão,
Eu uso tudo que ganho para a glória do Senhor...

Se me pegarem em algum aeroporto, calma irmãos!
É perseguição do Tentador!
Podem simplesmente, esquecer que eu sou Pastor?

Um comentário:

Rodrigo disse...

Belo poema sobre o pastoreio, parabéns. Quando tiver tempo, dê uma passada lá no Deus no Gibi para ver as novidades que estão no ar. Tem um texto bacana falando que Chico Bento é o menino segundo o coração de Deus e uma entrevista com o autor da história em quadrinhos Yeshuah, que apresenta um Jesus feio e uma Maria adolescente. Veja lá no www.deusnogibi.com.br
Abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...