terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Deus é Senhor dos Exércitos.

Pois eu sou o Senhor, o seu Deus, que agito o mar para que suas ondas rujam; Senhor dos Exércitos é o meu nome.Isaías 51:15

Balaque estava com medo do povo israelita e manda uma mensagem a Balaão dizendo:

Um povo que saiu do Egito cobre a face da terra e se estabeleceu perto de mim. Venha agora lançar uma maldição contra ele, pois é forte demais para mim. Talvez então eu tenha condições de derrotá-lo e de expulsá-lo da terra. Pois sei que aquele que você abençoa é abençoado, e aquele que você amaldiçoa é amaldiçoado.Números 22:5-6

Ao receber a mensagem, Balaão pede aos líderes moabitas que esperem até que tenha resposta da parte de Deus. Então Deus pergunta a Balaão sobre quem seriam aqueles homens, e depois de dizer a Deus qual era a mensagem Balaão recebe a resposta de Deus: 

Não vá com eles. Você não poderá amaldiçoar este povo, porque é povo abençoado.Números 22:12

Na manhã seguinte Balaão pede para que os líderes moabitas retornem até Balaque e diga que o Senhor não o permitiu ter com ele. Então Balaque envia um número ainda maior de líderes até Balaão dizendo que o 'recompensaria generosamente' em troca da maldição contra o povo do Senhor. Mas Balaão responde: Mesmo que Balaque me desse o seu palácio cheio de prata e de ouro, eu não poderia fazer coisa alguma, grande ou pequena, que vá além da ordem do Senhor, o meu Deus.Números 22:18

Por orientação do próprio Deus, Balaão foi ao encontro de Balaque, mas no meio do caminho o Senhor irou-se e colocou um Anjo a frente do caminho de Balaão. Quando a jumenta em que estava montado viu o Anjo do Senhor empunhando uma espada, saiu do caminho e foi por um outro, mas Balaão não entendeu e bateu na jumenta, e por três vezes aconteceu de o Anjo do Senhor se pôr no caminho e a jumenta desviar ou parar e Balaão bater nela.

Então o Senhor abre a boca da jumenta: Não sou sua jumenta, que você sempre montou até o dia de hoje? Tenho eu o costume de fazer isso com você?Números 22:30 

A jumenta protegeu Balaão, mas ele não entendeu, então Deus revela o Anjo do Senhor a ele.

Balaão chega até Balaque e segue as orientações de Deus, o Senhor dos Exércitos. Por três vezes Balaão abençoa o povo de israel:

Como posso amaldiçoar a quem Deus não amaldiçoou? Como posso pronunciar ameaças contra quem o Senhor não quis ameaçar? Dos cumes rochosos eu os vejo, dos montes eu os avisto. Vejo um povo que vive separado e não se considera como qualquer nação. Quem pode contar o pó de Jacó ou o número da quarta parte de Israel? Morra eu a morte dos justos, e seja o meu fim como o deles!Números 23:8-10

Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir? Recebi uma ordem para abençoar; ele abençoou, e não o posso mudar. Nenhuma desgraça se vê em Jacó, nenhum sofrimento em Israel. O Senhor, o seu Deus, está com eles; o brado de aclamação do Rei está no meio deles. Deus os está trazendo do Egito; eles têm a força do boi selvagem. Não há magia que possa contra Jacó, nem encantamento contra Israel.Números 23:19-23

Quão belas são as suas tendas, ó Jacó, as suas habitações, ó Israel! Como vales estendem-se, como jardins que margeiam rios, como aloés plantados pelo Senhor, como cedros junto às águas. Seus reservatórios de água transbordarão; suas lavouras serão bem irrigadas. O seu rei será maior do que Agague; o seu reino será exaltado. Deus os está trazendo do Egito; eles têm a força do boi selvagem. Devoram nações inimigas e despedaçam seus ossos; com suas flechas os atravessam. Como o leão e a leoa eles se abaixam e se deitam, quem ousará despertá-los? Sejam abençoados os que os abençoarem, e amaldiçoados os que os amaldiçoarem!Números 24:5-9

Deus, o Senhor dos Exércitos, fez uma promessa ao povo, e não há maldição que prevaleça contra aquele a quem o Senhor abençoou, não há maldição que possa suportar a benção do Senhor dos Exércitos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...